- mideshaaaa, táh? irchh

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Tem Culpa Eu? N

Amigos, após esse tempinho sem postar, vamos ter um catch up hauhauahuahu Estava olhando como as pessoas costumam agir quando as coisas não saem como elas esperam. Algumas conseguem usar a sabedoria e aprendem com o erro, agradecem pela lição e tudo fica mais claro. Outras assumem toda a responsabilidade e a mágoa gerada. Carregam o peso do mundo em suas costas... e usa uma chibata rs (ui). Acho super interessante quando assumimos essa postura de aceitar o que acontece na vida ( não entenda como conformismo e acomodação). Profissional e sentimental dependem dessa atitude para funcionar bem : aceitar sua responsabilidade. Até onde você pode ir ? Quais são seus limites? O que você fez para que as coisas dessem errado? Não somos vítimas do destino e nem das moléstias do mundo ( Sonia Abrão discorda rs) A vida te trata como você se trata e Você está onde se põe . Somos humanos e erramos bastante... queremos nos dar bem, ter um amor , uma casa e de preferência um telefone que não aceite chamadas de call center . MASSSSS, para ter tudo isso, trabalhamos na nossa linha de prosperidade * é basicamente a energia que atrai e repele nosso magnestismo de carisma e força* . Se não temos o que queremos agora , não significa que não teremos amanhã. Apenas respire....relaxxxxxxxx... vá pegar um chá , vá varrer o quintal (tá, parei). Eu mesmo, fiquei todo fudido de nervoso ano passado por que não conseguia voltar pra capital e fazer meus cursos. PORÉM , eu não estava pronto ainda. Posso perceber isso com clareza hoje. Usei meu tempo para exercitar a criatividade, li muitos livros e vi muitos filmes importantes para a formação cênica . Me sinto preparado para enfrentar os testes , entrevistas , ensaios ... bora apertar o Start e escolher o modo Warrior do MK Ultimate ! Tenho certeza que se tivesse assumido um papel de coitado e injustiçado pela vida, não conseguiria estudar com atenção e perceber os detahes da arte. O coitado sempre acha que a culpa do fiasco tá nos outros , que foi tudo uma conspiração e é uma mentira abilolada que várias culturas adotaram através dos anos. Sua culpa,seu fardo...MÁH VÁ ! Não seja como as chaves da caixa do binócolo do Titanic. Muita gente diz que a culpa do naufrágio foi por q esqueceram de levar a chave da caixa onde estavam guardados os binócolos da torre de visualização. É melhor crer nisso e culpar o pobre molho de chaves do que admitir que aquela porra nao tinha um mecanismo chamado 'corta - gelo' ( que não colocaram por q enfeiaria as laterais), botes suficientes para todos e uma rota pré visualizada. Enfim ... o que quero dizer é que a culpa, SE ela existir , tem pelo menos umas 3 além da sua . Assuma a sua parte, aprenda com o erro , aceite e pense no que pode mudar . Vivendo , si fudendo e APRENDENDO !

quinta-feira, 15 de abril de 2010

EVOLUIR !

Desde pivete eu costumo pensar muito nas coisas que faço . Não entendia os adultos , embora tivesse um contato com o drama deles. Não me lembro de como era ... é como uma porta trancada e que não faço questão de abrir ( com um pé no passado e outro no futuro vc mija no presente - again ) . Acho que comecei muito tarde a ME cuidar. Me elogiavam por eu ter assumido papel de 'homem da casa' aos 13 anos, mas não era uma luta 'minha'... é difícil explicar. O tempo foi passando e as mudanças tinham que acontecer de uma forma ou de outra . Andei em busca de descobrir minha essência e não ignoro que tive dias de querer ficar só ( de estar rodeado de gente, e me sentir só também). Acho que todo mundo tem isso uma vez na vida ... Se deparar com seus obstáculos. Meninos sofrem com a pressão social 'macho alfa' que a sociedade impõe ... 'jogue futebol , tenha um time .' ... bom, eu nunca achei lógica em correr atras de uma bola . Era o último a ser escolhido para atividades esportivas na escola ..aliás, penúltimo . Anos passam e você quer soltar fogos quando a merda das séries acabam ! DEUSSSS, COMO FOI BOM PISAR NAQUELA POHA PELA ÚLTIMA VEZ ! Mas minha alegria durou pouco ... mais obrigações e ritos de passagem : tirar carteira de reservista , título de eleitor , carta de motorista, vestibular, trote , formação . Dessas aí eu só fiz as duas primeiras e um vestibular cu - ASSUMO ! Mas ... por que eu fugi tanto de evoluir? Acho ótimo ter um momento de rebeldia e ir em busca da sua verdade, mas quando isso te prejudica , é o sinal mais forte de que você tá errando. Acabei me mudando para o litoral sem oferecer resistência. Eu só queria descansar e comprei uma idéia que não era minha e sim da minha mãe. Hoje entendo que foi mais uma fuga e foi como um Despertar . Tudo passou a fazer sentido, mergulhei em águas frias e desconhecidas do meu eu ... e tive coragem para aceitar meus erros , não me cobrar de forma errada. A sabedoria dos monges do Tibet diz que ' nascemos e morremos várias vezes na nossa vivência atual'. Eu interpreto dessa forma : cresci muito rápido. Matei minha infância , ignorei o meu poder de mudar a minha realidade. Não consegui me impor como queria .Não abracei a vida. Errei sendo imprudente, insolente . Morri e Nasci algumas vezes, e tive que perder a 'segurança' para aceitar minhas limitações. Essa última 'morte' significa deixar o Rodrigo medroso desaparecer. Não é um exagero, eu sei como parece * sei que todo mundo tem medo de algo e se sente inseguro. Mas deixar ' pra lá' é burrice ! Não posso fugir do novo . Aceitando minha limitação , me sinto pronto para recomeçar. Hora de não quebrar promessas . É hora de exercer o que quero e aperfeiçoar ! Quero que me testem, que me desafiem ! Vou entrar nessas batalhas sabendo que tudo pode acontecer , o sim e o não .O palco me espera. O amor me espera . Amigos novos me esperam. O que eu espero? Evoluir. Viver. Recomeçar.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Dica de DVD : P!NK - Funhouse Tour- Live in Australia

Quando eu vi o trailer dessa Tour eu fiquei muito ansioso pra ver a versão final do DVD . Em uma era de Lady Gaga e Beyoncé ( que adoram brincar com a nossa inteligência) fica cada vez mais difícil encontrar um artista realmente claro no que propõe . P!nk é uma grande recordista de vendas e foi a única aplaudida em pé por artistas e críticos musicais no ultimo Grammy ( Pra quem não viu eu explico: ela cantou Glitter in the Air, suspensa em tecido circense , foi enfiada na água fez altas acrobacias sem nenhum equipamento de segurança, finalizando com um giro rápido que molhou a platéia. Um ótimo , simples e bonito efeito). Nesse DVD , P!nk mostra que não fica atras como performer e posso dizer que ela é a mais interessante das que tem se apresentado . Funhouse é uma turnê colorida, viva e descontraída. A interação com o público é constante e você nota que todos no palco estão se divertindo . Uma das características de P!nk, é que ela ri de si mesma e faz altas caras e bocas . Muita gente compra a imagem 'dyke' , mas em várias partes do show, nota-se que P!nk é MUITO feminina e sensual na medida certa. Esse show possui alguns covers curiosos, como Bohemian Rhapsody , I touch myself e Crazy que imprimem a identidade da performer. Ela abre o show com Bad Infuence (rola uma coreografia basica e a galera pira quando ela aparece suspensa enquanto um palhaço gira a manivela que abre a 'caixa'). Quando as cortinas se abrem, você acaba tendo noção do tamanho do palco e das cores ! Nesse bloco tem Just like a Pill (que eu adoro) , Who Knew, Ave Mary A e Don't let me get me . Ela volta ao palco para o cover sensual de I touch Myself ... abusa de sua sensualidade ao extremo e me faz querer comprar um sofá novo igual a aquele . (Veja o dvd ou algum video no youtube pra saber por q ...) Depois rola Please Don't leave me , U+Ur hand (com um truque básico de luvas luminosas), Leave me alone (i'm lonely) - P!nk brinca e pergunta quem dança bem mals como ela e convida todos pra dançarem como quiserem , faz altas dancinhas engraçadas . So What chega pra manter o clima UP e a performance é bastante feminista . Bloco acústico/fossa começa com Family Portrait (com um pianista MTO BOM), I Don't believe in You , Crystal Ball , Trouble e Babe I'm gonna leave you (durante esse bloco a cantora brinca com os músicos e com a platéia ...claro, se ela ficar só na fossa metade ali dorme ou resolve mijar ali na moita). O novo bloco começa com SOBER , em uma performance ÚNICA . P!nk e um dancer/acrobata/faz tudo se torna seu parceiro de trapézio. Eles executam uma performance chamada no meio circense como 'pêndulo' ( o nome já diz tudo ) Dá uma leve aflição que ao vivo deve ser bem mais impactante hauhauahua a gente acha que ela vai cair la d cima com aquela velocidade toda ! Começa Bohemian Rhapsody , clássico do Queen - o público Australiano pira *. Funhouse mantem a energia do show e Crazy do Gnarls Barkley ganha uma versão nova e descontraída ( Pink aproveita e apresenta seus dançarinos acrobatas ). Get the party started é um final falso pro show . Com o clima bem UP , P!nk é suspensa em um timpo de bungee jump e roda, faz acrobacias, gira , si lasca todaaa hahahauauhauhauauh Seria aversão the end animadinha, porém o fim é com ' Glitter In the Air' , a que foi performada no Grammy em uma forma mais ousada que a do show ( no show ela é suspensa em menos altura e gira dvagar na hora da agua ). Um final bonito que fecha com chave de ouro essa turnê ! Eu já vi umas 5 vezes ... e iria nesse show, se rolasse aqui no Brasil . Nos extras temos mais duas performances , um mini documentário e Bloopers (o famoso falha-nossa). Aproveita que o preço é bom e garanta o seu ! uhauahuauahuahuahua *não, não ganhei poha nenhuma por esse comercial*